A PSICOFARMACOLOGIA ASSOCIADO À PSICOTERAPIA- COMPREENDENDO A EFICÁCIA DA VINCULAÇÃO E DEFRONTAÇÃO À SAÚDE MENTAL

Autores

  • Maria José Francisca de Paula de Souza
  • Romério Ramalho Vial

DOI:

https://doi.org/10.36692/V16N1-27R

Resumo

Este artigo objetiva contribuir para pesquisas inerentes a associação psicoterápica e psicofarmacológica, para amenizar o sofrimento psicopatológico. A finalidade principal desta construção é ter uma explanação dessa junção. Explicitando os pontos positivos e negativos, ou seja, há uma resolutividade muito satisfatória, nessa combinação fármacos e psicoterapias, porém há efeitos negativos sendo os casos de efeitos colaterais que provocam patologias que prejudicam o sistema nervoso central (SNC). E há profissionais que entendem que os benefícios são maiores em relação aos pontos positivos, outros não acham muito preciosa essa junção. Diante das descobertas científicas é necessário que o profissional estude e análise caso a caso, compreendendo a necessidade do caso.

Downloads

Publicado

2024-03-15

Edição

Seção

Artigo de Revisão