TESTAGEM E DIAGNÓSTICO DO HTLV NA ATENÇÃO PRIMÁRIA: UMA ESTRATÉGIA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE

Autores

  • Ayara Almeida Souza Cabral
  • Joseelma Quaresma Trindade
  • Geane Sales Bezerra
  • Josivane Quaresma Trindade
  • Izabel Cristina Loiola Oliveira
  • Mariana Lara Severiano Gomes
  • Antonio Hecktor Rodrigues Vieira
  • Diego Rodrigues da Silva
  • Breno da Silva Barroso
  • Daniele Barros Muniz
  • Rafael Angelim Muniz
  • Átala Dandara Gomes de Barros Silva
  • Antônia Valdiana Silva Lima

DOI:

https://doi.org/10.36692/V16N1-14R

Resumo

Introdução: O vírus linfotrópico de células T humanas (HTLV) é um retrovírus que infecta principalmente os linfócitos T, células essenciais para a resposta imunológica, pode causar doenças graves em algumas pessoas infectadas. No mundo, há entre 15 e 20 milhões de casos de HTLV, sendo imprescindível a testagem e diagnóstico do HTLV na atenção primária a saúde (APS) para intervir na propagação da doença na sociedade. Objetiva-se, analisar a relevância da relação direta da testagem e diagnóstico do HTLV na APS como propulsora de promoção de saúde. Metodologia: Trata-se de uma revisão da literatura, onde as buscas ocorreram nos bancos de dados: SCIELO, LILACS e BDENF. Resultados e Discussão: De 102 artigos encontrados nos bancos de dados, apenas 12 foram selecionados para esta revisão, após três etapas de filtragem baseadas na disponibilidade, no período e na relevância dos estudos. Na análise, destacou-se a importância dos profissionais da saúde, em destaque o enfermeiro que atuam na atenção primária a saúde na promoção, prevenção e controle de infecções causadas pelo HTLV. Para isso, eles precisam conhecer bem a patologia do HTLV e suas consequências para a saúde das pessoas infectadas. Eles também devem estar aptos a orientar os portadores sobre o vírus, as doenças que ele pode causar e como elas podem evoluir. Além disso, eles devem incentivar a testagem do vírus, pois não há políticas públicas. Considerações finais: A partir da realização do presente estudo, foi possível observar que a testagem e o diagnóstico do HTLV na atenção primária são de grande relevância para a promoção de saúde dos indivíduos, bem como para a prevenção da transmissão do vírus na população. No entanto, também se destacaram grandes desafios que envolvem o processo de dar visibilidade ao HTLV no sistema único de saúde e de garantir o seu protagonismo frente aos profissionais de saúde em geral, que muitas vezes desconhecem ou negligenciam essa problemática.

Downloads

Publicado

2024-02-01

Edição

Seção

Artigo de Revisão