FERRAMENTAS UTILIZADAS PARA MEDIAÇÃO DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL NO CONTEXTO DA GESTÃO NA ATENÇÃO BÁSICA DE SAÚDE

Autores

  • Maria Eduarda Wanderley de Barros Silva
  • Maria Letícia Cardoso da Silva Barbosa
  • Daiane Mendes Ribeiro
  • Matheus da Silva Sales
  • Samuel Guedes de Souza Araújo
  • Letícia Luana Claudino da Silva
  • Carlos Eduardo de Oliveira Pereira
  • Alexandre Maslinkiewicz
  • Rodrigo Daniel Zanoni

DOI:

https://doi.org/10.36692/V16N1-13R

Resumo

O estudo possui como objetivo identificar as ferramentas utilizadas para mediação da equipe multidisciplinar no contexto da gestão na Atenção Básica de Saúde. A presente pesquisa trata-se de uma revisão integrativa da literatura. Para tal estudo, foi construída a seguinte pergunta norteadora: “Quais as ferramentas utilizadas para mediação da equipe multiprofissional no contexto da gestão na Atenção Básica de Saúde?”. Na elaboração da pergunta norteadora e na busca de evidências científicas utilizou-se a estratégia PICO, que possui o seguinte significado: P de paciente ou população; I de intervenção ou indicador; C de comparação ou controle e O de outcome que significa o desfecho clínico, resposta ou resultado sendo o que se espera encontrar nos estudos selecionados. Após a combinação dos descritores nas bases de dados e a aplicação rigorosa dos critérios de inclusão e exclusão, foram elegidos 10 artigos. A presente revisão integrativa mapeou a produção científica sobre as ferramentas utilizadas para mediação da equipe multiprofissional no contexto da gestão na Atenção Básica de Saúde. Transformações nas condições de vida e saúde da população demandaram adaptações na estrutura dos sistemas e serviços de saúde, visando o aprimoramento da eficácia e a diminuição da dispersão no atendimento médico. Dentro deste panorama, antecipa-se que a Estratégia Saúde da Família desempenhe uma função crucial na organização da rede de atenção à saúde, posicionando-se como o eixo central de comunicação em uma Rede de Atenção à Saúde  coesa. O papel de central de comunicação engloba a obrigação de solucionar problemas, organizar os processos de encaminhamento e assumir a responsabilidade pelo bem-estar dos pacientes. A implementação de ferramentas de mediação no contexto da equipe multiprofissional na Atenção Básica de Saúde constitui uma estratégia fundamental para aprimorar a eficácia e a eficiência dos serviços prestados. Recursos como comunicação efetiva, diálogo aberto e interação constante entre os profissionais emergem como pilares essenciais para facilitar a coordenação de ações e a tomada de decisão coletiva. Essas ferramentas promovem uma cultura de trabalho colaborativo, onde a expertise de cada membro é valorizada e contribui significativamente para o desenvolvimento de práticas integradas e centradas no paciente.

Downloads

Publicado

2024-03-01

Edição

Seção

Artigo de Revisão