RETINOBLASTOMA: ASPECTOS GENÉTICOS, DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS DE UM TUMOR OCULAR PEDIÁTRICO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36692/V16N1-14

Resumo

Introdução: O retinoblastoma é uma patologia maligna ocular que se origina nas células da retina, a camada sensível à luz que reveste o fundo do olho. Se não for diagnosticado e tratado a tempo, o retinoblastoma pode levar à morte ou à perda da visão, pois o tumor pode crescer e invadir outras partes do globo ocular e do corpo. Apesar de, a causa exata do retinoblastoma seja desconhecida, alguns estudos sugerem que há uma ligeira tendência de ocorrer mais em meninos do que em meninas, mas essa diferença não é significativa nem influencia as características clínicas da doença. Objetiva-se, analisar e descrever a neoplasia retinoblastoma e seus aspectos genéticos, diagnósticos e terapêuticos. Metodologia: Refere-se a uma revisão da literatura, onde as buscas ocorreram nos bancos de dados: Biblioteca Virtual de Saúde e Scielo, artigos no período de 2017 a 2024. Resultados e Discussão: Nas buscas sobrevieram 10 artigos elegíveis para a amostra final do estudo. O retinoblastoma é um câncer que se forma na retina, a camada de células sensíveis à luz que reveste o fundo do olho. A causa principal é a mutação no gene RB1, que controla o crescimento celular. O diagnóstico é feito pelo teste do olhinho, que verifica o reflexo vermelho na pupila, ou por exames de imagem, que mostram as calcificações no tumor. A biópsia é contraindicada, pois pode espalhar o câncer, o tratamento é complexo e envolve uma equipe multidisciplinar de especialistas. O SUS oferece atendimento gratuito e integral aos casos de retinoblastoma, além disso, o diagnóstico precoce é essencial para o sucesso do tratamento e a prevenção da cegueira infantil. Considerações finais: Para melhorar o prognóstico e a qualidade de vida dos pacientes com retinoblastoma, são necessárias ações que visem aprimorar o diagnóstico precoce, a preservação da visão, a educação em saúde, o apoio psicossocial e a divulgação dos sinais e sintomas da doença, bem como dos avanços científicos e tecnológicos na área. A conscientização e a mobilização da sociedade são fundamentais para combater esse tipo de câncer ocular infantil.

Downloads

Publicado

2024-03-01

Edição

Seção

Artigo de Revisão