ABORDAGEM DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE FRENTE À PREVENÇÃO DE DOENÇAS INFECCIOSAS

Autores

  • Thamyres Maria Silva Barbosa
  • Ana Lais Namie Lopata
  • Beatriz Ávila Romero Batista
  • Igor Alves de Paiva Nascimento
  • Thalyta Moreira de Oliveira
  • Letícia Coêlho Gomes
  • Renata de Paiva Nascimento
  • Yara Farias Miranda
  • Alexandre Maslinkiewicz
  • Domingas Claudia Alves de Paiva

DOI:

https://doi.org/10.36692/V16N1-18R

Resumo

Analisar a eficácia e os desafios das políticas públicas de saúde no Brasil no enfrentamento de doenças infecciosas, buscando compreender como essas políticas tem evoluído ao longo do tempo e identificar estratégias para fortalecer a prevenção, controle e resposta a essas enfermidades.Utilizando uma revisão narrativa de literatura, foram investigadas as estratégias adotadas pelas políticas de saúde pública para enfrentar esse desafio. A busca bibliográfica foi realizada em bases de dados como SciELO (Scientific Electronic Library Online), Google Sholar, PubMED e BVS (biblioteca virtual de saúde), com foco em estudos que abordassem a temática da prevenção de doenças infecciosas no contexto das políticas públicas de saúde. Os resultados revelaram a importância de medidas como vacinação em massa, contexto histórico das politicas públicas de saúde, promoção da higiene e saneamento básico, vigilância epidemiológica e incorporação de tecnologias inovadoras na prevenção e controle de doenças infecciosas. Conclui-se que a abordagem das políticas públicas de saúde tem sido fundamental na redução da incidência de doenças infecciosas e na promoção da saúde pública, destacando a importância do compromisso contínuo com a prevenção e resposta a essas enfermidades.

Downloads

Publicado

2024-03-01

Edição

Seção

Artigo de Revisão