ASPECTOS NUTRICIONAIS NO PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE DEPENDENTES QUIMÍCOS COM PSICOPATOLOGIAS INTERNADOS EM UM HOSPITAL DE REFERÊNCIA, BELÉM – PA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36692/V16N2-27

Resumo

Objetivo: avaliar aspectos nutricionais e o processo de reabilitação de dependentes químicos com psicopatologias internados na clínica psiquiátrica do Hospital Público. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo, prospectivo, transversal e de abordagem qualitativa e quantitativa, onde foram coletadas as informações dos pacientes que se enquadram nos critérios de inclusão, da mesma forma foram coletadas as informações acerca da alimentação que é fornecida a esses pacientes. Resultados: a maioria era do sexo masculino, na fase de vida adulta. A maior parte apresentava ensino fundamental incompleto e a maioria declarava estado civil como solteiro. Em relação ao histórico de internações, a maior parte estava na 1ª internação; e quanto ao histórico de consumo de SPA, todos os pacientes apresentaram afirmativa. E todos os avaliados fizeram uso de alguma substância psicoativa antes da internação, sendo o tabaco a mais utilizada dentre as lícitas e a maconha dentre as ilícitas. A maior parte apresentavam Transtornos Relacionados ao Uso de Drogas – Transtornos Psicóticos. A maioria encontra-se em eutrofia. Conclusão: Os pacientes avaliados se encaixam no perfil epidemiológico, clínico e nutricional descritos na maioria dos estudos com usuários de SPA com psicopatias. Porém, apesar da maioria apresentar estado nutricional adequado, também foi constatado uma parcela considerável de sobrepeso e desnutrição. Pode-se constatar também que os alimentos ofertados durante a internação hospitalar têm papel fundamental na recuperação de dependentes químicos com psicopatologias, de forma que suas propriedades funcionais só tem a agregar juntamente com o tratamento medicamentoso e profissional que os pacientes recebem.

Downloads

Publicado

2024-05-21

Edição

Seção

Artigo Original