INDICADORES RELACIONADOS À DESNUTRIÇÃO E ANEMIA, SEGUNDO A LOCALIZAÇÃO DA NEOPLASIA, EM PACIENTES INTERNADOS EM UM HOSPITAL PÚBLICO DE REFERÊNCIA, BELEM-PA

Autores

  • Priscila Matos de Pinho Costa UFPA https://orcid.org/0000-0001-8087-9518
  • Luana Luz Machado UNINASSAU / BELÉM
  • Ana Raquel Marigliani Nunes UFPA
  • Edson Raimundo Raiol Barros SESPA
  • Ana Marta de Souza Lima UNAMA
  • Rosileide de Souza Torres HUJBB
  • Kelly Layla da Silva Guterres HUJBB
  • Aldair da Silva Gutteres HUJBB

DOI:

https://doi.org/10.36692/V16N2-14

Resumo

Objetivo: Identificar a prevalência de desnutrição e o perfil hematológico de pacientes oncológicos hospitalizados, segundo a localização do tumor. Método: Estudo observacional e transversal, realizado com pacientes oncológicos internados em um hospital de referência em Belém-PA. Foram coletados dados clínicos, socioeconômicos, antropométricos, bioquímicos e de consumo alimentar. Resultados: Dos pacientes avaliados 41,38% tinham cânceres gastrointestinais. Houve prevalência de mulheres (60,34%).  A maioria dos avaliados eram adultos (60,34%). Quanto ao estado nutricional, os pacientes com câncer no trato gastrointestinal apresentaram desnutrição em 37,50% segundo o IMC, em 66,67% segundo a %CB e 66,67% segundo a CP, houve perda grave de peso em 54,17%. Para os pacientes com câncer em demais localidades, constatou-se desnutrição em 17,65% segundo o IMC, em 61,76% segundo a %CB e 63,64% segundo a CP, houve perda grave de peso em 47,06%. Quanto aos parâmetros hematológicos, constatou-se inadequação, estando abaixo dos valores de referência, independentemente da localização do tumor, exceto para hemácia e RDW em ambos os grupos. Conclusão: Independente da localização do câncer houve prevalência considerável de desnutrição pelos parâmetros antropométricos, perda grave de peso, baixa ingesta calórica e perfil hematológico abaixo do preconizado.

Downloads

Publicado

2024-05-20

Edição

Seção

Artigo Original