UTILIZAÇÃO DE MÉTODOS OBJETIVOS E SUBJETIVOS PARA ESTABELECER O ESTADO NUTRICIONAL DE CRIANÇAS EM PRÉ-OPERATÓRIO DE CIRURGIA CARDÍACA, BELÉM - PA

Autores

  • Priscila Matos de Pinho Costa UFPA https://orcid.org/0000-0001-8087-9518
  • Karen Teixeira Prazeres UNINASSAU / BELÉM
  • Kelly Bárbara da Silva Rodrigues UNINASSAU / BELÉM
  • Ariane de Carvalho Oliveira UNINASSAU / BELÉM
  • Edson Raimundo Raiol Barros SESPA
  • Rosileide de Souza Torres FHCGV
  • Socorro Nazaré Araújo Almeida Barbosa FHCGV
  • Gianne de LaRocque Barros Warken FHCGV
  • Marly Lobato Maciel FHCGV
  • Patrícia Bentes Diniz FHCGV
  • Kelly Layla da Silva Guterres FHCGV
  • Max Monteiro Costa FHCGV
  • Aldair da Silva Gutteres FHCGV

DOI:

https://doi.org/10.36692/V16N2-18

Resumo

Objetivo: utilizar métodos objetivos e subjetivos para estabelecer o estado nutricional de crianças em pré-operatório de cirurgia cardíaca. Métodos: Estudo transversal, realizado com crianças cardiopatas hospitalizadas, em pré-operatório de cirurgia cardíaca. Foi realizada avaliação antropométrica e avaliação subjetiva global (ASG). Resultados: A maioria das crianças cardiopatas eram do sexo feminino 57,45%, encontravam-se classificadas na fase pré-escolar, 38,30% e possuíam tetralogia de fallot, 29,79%. Quanto aos indicadores de antropométricos, constatou-se que a maioria apresentou os parâmetros em adequação. Entretanto, observou-se percentual considerável de desnutrição, pois 25,53% dos avaliados apresentam P/I e E/I classificados em baixo ou muito baixo e 23,40% apresentam IMC/I classificados em magreza ou magreza acentuada. Segundo a avaliação subjetiva global adaptada para o público pediátrico, constatou-se que a maioria, 74,47% estavam moderadamente desnutridas.  Conclusão: Houve percentuais consideráveis de desnutrição em ambos os métodos utilizados, o que reflete maior segurança no uso desses métodos tanto isoladamente quanto em conjunto.

Downloads

Publicado

2024-05-20

Edição

Seção

Artigo Original