DIFICULDADES NO DIAGNÓSTICO PRECOCE DO AUTISMO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36692/V16N2-39R

Resumo

O transtorno do espectro autista (TEA) é caracterizado por uma  série  de  condições  relacionadas ao dano no desenvolvimento neurológico como comportamento repetitivo,  comprometimento nas habilidades sociais, fala,  e na  comunicação não verbal. Assim, o diagnóstico precoce é de suma importância para a intervenção visando o desenvolvimento dos pacientes com TEA e o auxílio de seus familiares. O presente estudo busca destacar os critérios diagnósticos e a dificuldade para que tal diagnóstico seja realizado de forma precoce, além de salientar o principal manejo para tal transtorno. 

Biografia do Autor

  • Mirielly Santos Maracaipe , UNISUMA

    Especialização: 
     Saúde Mental: Prevenção,  Promoção  e Recuperação.

  • Josafá Diniz de Araújo Filho

    graduação completa 

  • Geverson Oliver de Assis Oliveira, Must University

    Mestrando em Tecnologias Emergentes em Educação

  • Thainá Bastos Venturim, Hospital de Base Dr Ary Pinheiro

    Unidade revalidadora- UnB - Residência : Hospital de Base Dr Ary Pinheiro 

Downloads

Publicado

2024-05-21

Edição

Seção

Artigo de Revisão