PSICOTERAPIA E ATIVIDADE FÍSICA NO TRATAMENTO DA DEPRESSÃO

Autores

  • Pedro Augusto Barbosa Silva Discente em Medicina na Universidade Federal de Jataí (UFJ) https://orcid.org/0000-0002-7231-0388
  • Stéphany Karollyne Duarte Oliveira Discente na Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA)
  • Fernanda Mayta Schaefer Discente em Enfermagem na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) https://orcid.org/0009-0009-1146-9385
  • Eduarda Guarienti Discente em Medicina na UniCesumar
  • Gabriela Ferreira Discente em Medicina na UniCesumar
  • Maria Clara Schettini da Fonseca Witte Discente em Medicina no Centro Universitário de Volta Redonda - UniFoa
  • Ana Paula Gomes Oliveira Gonçalves Barbosa Discente em Medicina na Universidade Iguaçu (UNIG)
  • Cid Antonio Carvalho Fernandes Discente em Medicina na Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão
  • Vittória Eidam Michels Discente em Medicina na UniCesumar

DOI:

https://doi.org/10.36692/V16N2-94R

Resumo

A depressão é uma das doenças mais prevalentes da atualidade. Está relacionada a persistência de humor deprimido, perda da vontade de realizar atividades do dia a dia, além da possibilidade de outros sintomas como alteração de apetite, dificuldade de concentração e ideias suicidas. As estratégias não farmacológicas para o tratamento desse transtorno são importantes. O objetivo do trabalho é analisar a importância da psicoterapia e atividade física no tratamento da depressão. Trata-se de uma revisão narrativa dos últimos 5 anos, no período de 2019 a 2024, usando a base de dados da MEDLINE com os descritores: "psicoterapia" "atividade fisica" "tratamento" "depressão". Evidenciou-se que a prática de atividades físicas está relacionada à diminuição das manifestações clínicas da depressão, além de auxiliar na melhora mental e física dos indivíduos a longo prazo. Na psicoterapia também evidenciou-se um papel importante para melhora dos sintomas depressivos. Nessa perspectiva, notou-se que a atividade física e a psicoterapia desempenham um papel importante para o tratamento da depressão, sendo importante tanto para redução da clínica da doença, quanto para saúde física e mental do indivíduo.

Downloads

Publicado

2024-06-18

Edição

Seção

Artigo de Revisão