SISTEMA IMUNOLÓGICO E EXERCÍCIO: UMA REVISÃO SIMPLES

Autores

  • Luís Felipe Silio

DOI:

https://doi.org/10.36692/V16N2-90R

Resumo

O exercício físico tem efeitos significativos sobre o sistema imunológico, variando de imunossupressão temporária a melhorias na função imunológica, dependendo da intensidade e duração do exercício. Esta revisão visa sintetizar as evidências atuais sobre a relação entre exercício e o sistema imunológico, destacando os mecanismos subjacentes e as implicações para a saúde. Métodos de revisão sistemática foram empregados para selecionar estudos relevantes publicados nas últimas duas décadas. Os resultados indicam que exercícios moderados tendem a fortalecer a função imunológica, enquanto exercícios intensos e prolongados podem causar imunossupressão temporária. A discussão aborda a importância da intensidade e duração do exercício na modulação da resposta imunológica. Conclui-se que a prática de exercícios moderados e regulares pode otimizar a função imunológica e reduzir o risco de infecções.

Downloads

Publicado

2024-06-03

Edição

Seção

Artigo de Revisão