RELAÇÃO ENTRE QUALIDADE DE VIDA E DESORDENS TEMPOROMANDIBULARES EM PACIENTES QUE UTILIZAM PLACA OCLUSAL COMO TRATAMENTO

Autores

  • Júlia Maria da Cunha Oliveira
  • Ana Claudia Mota Sacheti
  • Ana Paula Massote Pestana
  • Giovanni Gomes Trindade
  • Henrique Feiten da Rocha
  • Jairon Emanuel Teixeira Lima
  • João Guilherme Carvalho Sampaio Dias
  • João Pedro Belizar Rafael
  • Lívia Vitória da Nóbrega Formiga
  • Rodolfo Gonçalves Lima
  • Virgínia Martins Pereira Rossafa
  • Josemar Parreira Guimarães

DOI:

https://doi.org/10.36692/V16N2-37R

Resumo

Esse estudo tem como objetivo investigar a literatura a respeito da relação entre qualidade de vida em portadores de DTM´s que utilizam placas oclusais como tratamento para essa desordem. Essa revisão de literatura contou com os seguintes critérios de inclusão: artigos que relacionavam Desordens Temporomandibulares, Qualidade de vida e Placa Oclusal, em língua inglesa ou portuguesa. Além dos artigos de Metanálise, epidemiológicos, de Coorte, Revisão sistemática, crítica ou de literatura no período de 2010 a 2023. Os critérios de exclusão da pesquisa seriam artigos de Caso Clínico ou Carta ao leitor e artigos que não possuiam textos completos disponíveis. Ao final, foram selecionados 24 artigos. Conclui-se que os pacientes acometidos por DTM tem uma redução na qualidade de vida e quanto mais severo o seu nível, menor é a qualidade de vida.

Downloads

Publicado

2024-05-19

Edição

Seção

Artigo de Revisão